segunda-feira, 8 de março de 2010

AMIGO é...



Tenho pena por existir ainda muita gente com o conceito errado de AMIZADE.
Será difícil compreender que a AMIZADE não existe apenas nos bons momentos? Porque se apenas existe nesses, então deculpem-me mas chamem-lhe qualquer coisa menos AMIZADE. Porque AMIZADE é sentida na sua verdadeira essência nos maus momentos.
AMIZADE não se vê, sente-se.
Recebo vários convites para sair, mas essas saídas não passam de um mero divertimento. O que não deixa de ser importante, claro. Mas não é tudo!
Não considero AMIGO aquele que nunca se esquece de mim para uma saída. Considero AMIGO, aquele que não passa mais tempo comigo porque não pode, mas que sabendo que preciso de ajuda não há nada que o impeça de estar comigo.
AMIGO não e aquele que me leva a sítios fantásticos. AMIGO é aquele que em qualquer lugar é capaz de me proporcionar um momento agradável.
AMIGO não é o que concorda com tudo o que digo. Amigo é o que me mostra o caminho da razão quando não o quero ver.
AMIGO não é aquele que apenas se ri comigo. AMIGO que é AMIGO chora comigo.
AMIGO não está comigo pela marca da roupa que visto. AMIGO está comigo porque gosta do meu EU.
AMIGO não é o que me levanta após a queda. AMIGO é o que diz como se levanta.

Tanta coisa que poderia dizer para descrever o que é um verdadeiro AMIGO. Mas quem compreendeu cada palavra minha até agora não necessita que continue.

Tenho saudades dos meus AMIGOS!

6 comentários:

  1. Também gosto deste conceito de amizade. É nele que acredito!
    Partilho um pensamento que me ocorre aqui e ali: Que vida estúpida esta que nos consome numa corrida contra o tempo, não deixando espaço para saborear tantas das nossas amizades!
    Um beijinho recheado de ânimo!
    Susana

    ResponderEliminar
  2. Cara amiga, de facto, a amizade e os amigos são dos melhores bens que podemos ter na vida.
    Os verdadeiros, mesmo quando estão longe, estão sempre presentes.
    Gostei muito da sua mensagem.

    ResponderEliminar
  3. Menina do Cantinho,
    Gostei muito deste post, da mensagem que encerra. De facto as pessoas sabem pouco o que é a Amizade, o que é de lamentar, os Amigos quando o são é do melhor que podemos ter, mas hoje há poucos infelizmente e, os que por vezes, se dizem amigos, não o são. Como se costuma dizer "amiga é a nossa barriga e às vezes dói", no entanto, eu continuo a acreditar na amizade verdadeira e pura, aquela em que nos aceitamos mutuamente tal como somos, em que estamos ali apra o que der e vier. Amigos não são aqueles que vemos todos os dias, ams sim aqueles que estão lá sempre que sabem, que sentem que precisamos deles. Como diz o amigo Manuel, mesmo quando estão longe, estão perto, nós sentimo-los e eles também conseguem sentir-nos a nós.
    A cumplicidade tem de existir, é também essencial na amizade.
    Tanto que podia dizer-se sobre este tema tal como dizes, mas também como dizes, coseguimos compreender o que queres dizer.

    Bjo de Luz

    ResponderEliminar
  4. Mais vale termos poucos mas verdadeiros...além disso, a verdadeira amizade não se publicita, não se manifesta para toda a gente ouvir, mas está lá, em silêncio, sempre e quando precisamos. Sem publicidades.

    ResponderEliminar
  5. MAIS LOGO, um novo capítulo da história de Alice.
    lá no,
    ... continuando assim...

    Aceito , e agradeço as vossas sugestões ... talvez a letra esteja pequena... talvez o blogue possa estar confuso.... talvez ... e talvez :)
    talvez nem gostem da história...

    Enfim...qualquer coisa, digam.
    até logo

    obrigada por seguirem
    Bj
    teresa

    ResponderEliminar